sexta-feira, 10 de dezembro de 2010

Desobediência

Permaneci parado, dissipando energia. Ignorei o pedido que, devido ao excesso de intimidade, mais pareceu ordem. E bem dada.

- Venha!

Não fui. Nem foi, nem venho, nem vinho. Não houve uva ou variação alguma. Que delta o quê!

Um comentário:

Lucas Moratelli disse...

Se pode, sustente a pirraça até o fim da história.

Muito bom Vinícius!

Abraço.

Postar um comentário

Rebusque sua opinião.